Dicas

5 piores alimentos para a saúde do coração

Embutidos, macarrão instantâneo e biscoitos aparecem na lista da nutricionista

Da redação, com The Chef 24/11/2021 • 13:20 - Atualizado em 24/11/2021 • 13:26
Batata frita congelada é prejudicial para o coração
Batata frita congelada é prejudicial para o coração
Unsplash/Reprodução

Equilíbrio é a palavra-chave quando se fala em uma alimentação saudável. Todo alimento pode fazer parte de uma dieta, mas alguns devem ser consumidos de vez em quando porque, apesar de saborosos, são ricos em sódio, conversastes e gordura trans, componentes prejudicais à saúde, principalmente ao coração.

A nutróloga Nathália Danelli explica no The Chef que consumir frequentemente produtos como salame, lasanha congelada, macarrão instantâneo e biscoitos é um sinal vermelho para o organismo. “Alimentos podem ser aliados ou vilões, tudo depende da quantidade e frequência com que a gente se expõe a eles. O ideal é não ir em busca de um terrorismo alimentar, mas do bom senso. Isso porque alguns ingredientes não trazem muitas funcionalidades, e geram riscos a longo prazo”, explica. 

Aqui, ela lista cinco tipos de alimentos nocivos à saúde cardiovascular quando consumidos em excesso.

Fast food

Comer hambúrguer no jantar ou almoço é uma delícia, mas deve acontecer de maneira esporádica. Isso porque, segundo a nutricionista, nesses momentos consumimos uma carga calórica muito grande em apenas uma refeição, o que sobrecarrega o organismo. “Se feito com frequência, isso aumenta o risco de obesidade. E tem também a questão dos componentes, da gordura associada ao carboidrato, que é prejudicial”, explica. Não quer dizer que o fast food precisa ser cortado de vez do cardápio, mas tudo varia de um indivíduo para outro. “Se a pessoa é hipertensa, cardiopata, vai ter que fazer um pouco mais de restrições, mas para uma pessoa saudável, a gente pode conseguir abrir algumas exceções.”

 

Embutidos

Alimentos como linguiça, salame, mortadela e rosbife estão na lista dos embutidos e podem ser prejudiciais pela quantidade de sódio. “Além disso, muitos deles contêm nitrito e nitrato, que comprovadamente estão relacionados ao aumento do número de tumores”, explica a especialista.

 

Alimentos instantâneos

Quem nunca comeu um macarrão instantâneo pela praticidade? Assim como os embutidos, esse tipo de alimento também tem alto teor de sódio e conservantes, que são prejudiciais ao coração. “Consumir de vez em quando não impacta tanto, mas o problema que eu vejo é que normalmente quem faz uso desse tipo de alimento são pessoas que não têm tempo de cozinhar, não tem tempo de montar uma refeição ao longo do dia, e acabam fazendo o uso indiscriminado.”

 

Alimentos congelados (ultraprocessados)

Abusar de alimentos como batata frita congelada, lasanha congelada e nuggets também é uma constante na vida de quem tem pouco tempo para cozinhar. No entanto, essas opções têm grande adição de conservantes. A regra é clara: quanto maior o tempo de validade, mais processado foi aquele alimento. “Uma dica que eu sempre dou para os pacientes é que se você tem um dia a dia muito corrido e não consegue cozinhar todos os dias, escolha um dia da semana para cozinhar e congelar esses produtos.”

 

Biscoitos e salgadinhos

É difícil controlar a quantidade consumida quando abrimos um pacote de biscoito ou de salgadinho. O alerta é que esses alimentos, normalmente, sofrem adição de gordura trans, que é prejudicial, principalmente, para as nossas artérias, segundo a nutricionista. “É uma gordura que favorece a diminuição do colesterol bom e o aumento do colesterol ruim, consequentemente facilita a formação de uma placa de gordura, que acaba atrapalhando o fluxo sanguíneo natural do nosso organismo.”

Olá! Sou a Carol. Em que posso ajudar?