Mortadela, caboquinho e pernil com abacaxi: 5 sanduíches para experimentar já

Da Redação, com Minha Receita 12/03/2021 • 10:52 - Atualizado em 12/03/2021 • 11:08
Sanduíche de mortadela do Mercadão de SP
Sanduíche de mortadela do Mercadão de SP
Luccas Mattos/Vibra

Fácil de preparar, delicioso e prático para comer, o sanduíche é um prato coringa que salva refeições do café da manhã ao jantar. Democrática, a receita pode ser feita em casa, encontrada na lanchonete da esquina ou em restaurantes consagrados. Geralmente a base de pão, o que muda é o recheio e o modo de fazer. Por isso, cada região do Brasil acrescenta um detalhe regional ao prato. Confira 5 receitas famosas e imperdíveis para provar pelo país: 

Sanduíche de mortadela do Mercadão de São Paulo (SP)


O sanduíche de mortadela faz a fama dos bares do Mercadão de São Paulo (SP) desde 1933. Feito com mortadela, pão francês e queijo, o prato chega a pesar meio quilo e tem, só do ingrediente principal, cerca de 300 gramas. No restaurante Famiglia Rivitti, um dos estabelecimentos mais tradicionais para comer a receita, já foram vendidas até 700 unidades em um único dia. 

X-coração de Porto Alegre  (RS)


Todo gaúcho sabe que, no Rio Grande do Sul, coração de galinha é uma ótima opção para rechear o pão. Por lá, a combinação se tornou o x-coração, sanduíche que faz a alegria de quem visita Porto Alegre. Um dos lugares mais famosos para comer a iguaria é na Lancheria do Parque ou, a alguns quarteirões dali, a Lancheria do Ildo. 

X-caboquinho de Manaus (AM)


O sanduíche conhecido como x-caboquinho é um ícone entre os manauaras. A prova disso é que em 2019 foi aprovado um projeto de lei que o tornou patrimônio cultural e imaterial do estado. Feito com pão francês, queijo coalho, banana pacovã frita e manteiga, o grande protagonista da receita é o tucumã, fruto nativo da região, que dá todo o sabor especial e é rico em vitamina A, B e C. 

Sanduíche de pernil e abacaxi do Rio de Janeiro (RJ)


Receitas agridoces costumam dividir opiniões. Mas não no caso do sanduíche de pernil e abacaxi, um clássico do Cervantes, no Rio de Janeiro, que faz sucesso até mesmo em quem não é muito chegado na mistura do doce com o salgado. Vendido a R$ 37, o sanduíche é sucesso entre moradores e turistas, que fazem questão de visitar o local só para prová-lo. 

Sanduíche de bauru de São Paulo (SP)


Algumas pessoas dizem que o cliente tem sempre razão. No bar Ponto Chic, em São Paulo, essa ideia foi motivo da criação do carro-chefe da casa: o sanduíche de bauru. Há mais de 80 anos, um estudante vindo de Bauru, interior de São Paulo, para a capital pedia a combinação de ingredientes, que acabou entrando para o cardápio do restaurante e ganhando o nome de sua cidade natal. O sanduíche leva pão francês, fatias de rosbife, tomate, pepino em conserva e mistura quatro tipos de queijo: prato, estepe, gouda e suíço, todos derretidos na água fervendo com manteiga. 

  • sanduiche