4 lugares imperdíveis para quem ama sobremesa

Da Redação, com Minha Receita 05/03/2021 • 13:56 - Atualizado em 05/03/2021 • 14:01
Bolo de rolo
Bolo de rolo
Luccas Mattos/Vibra

Açúcar, tempero e tudo o que há de bom… Algumas sobremesas brasileiras são tão irresistíveis que conquistam fãs ao redor do mundo e se tornam marcas registradas de algumas regiões do país. Tem doce que bateu recorde de tamanho e é o maior do mundo, sorvete considerado o melhor do Brasil e até quitute eleito como patrimônio imaterial de Pernambuco. Ficou com vontade de provar essas maravilhas? Confira abaixo onde e como: 

Castanhada com bacuri e bacon (Pará)
Quando o assunto são sabores regionais, a família Martins, que comanda o restaurante Lá Em Casa, em Belém (PA), é especialista e tem tradição. O carro-chefe do restaurante é a castanhada com bacuri e bacon, sobremesa que mescla cremosidade, crocância e frescor. Criada pela chef Daniela Martins, comer a receita faz parte do itinerário de visita na cidade de Campina.

Sorvete de frutas regionais (Pará)
Eleita, em 2014, como dona do melhor sorvete do Brasil, a sorveteria Cairu, em Belém, é famosa pelos sabores de frutas regionais, como murici, bacuri, uxi, açaí e carimbo. Com autenticidade e texturas deliciosas, os sorvetes são marcantes e uma viagem ao Norte do Brasil. 

Bolo de rolo e o maior pé de moleque do mundo (Pernambuco)
Tradição e resistência marcam a história de Maria Eugênia da Silva e da Casa Maria de Bolo, em Pernambuco. Desde 1998, para garantir uma renda extra, a boleira decidiu fazer sobremesas e não parou mais. Em 2007 seu bolo de rolo, sabor goiaba, se tornou patrimônio imaterial do estado e, em 2018, Maria foi eleita Cidadã de Caruaru. Tamanha fama conquistou o chef Erick Jacquin, que ao provar o bolo o definiu como a melhor sobremesa do Brasil. É de responsabilidade dela, também, o maior pé de moleque no mundo, que já chegou a medir 25 metros. 

Doce de leite mineiro e compota de frutas (Minas Gerais)
No distrito de Bichinho, em Tiradentes, no interior de Minas Gerais, fica a famosa doceria Vitoriano. Lá, Jessé Duarte Ferreira, proprietário, prepara o clássico doce de leite mineiro, feito no tacho, em forno à lenha. A receita do sucesso leva horas misturando o leite, muita paciência e cuidado para que a  sobremesa atinja cor e texturas perfeitas. Compotas de frutas também recheiam as prateleiras da doceria e fazem sucesso na região.

  • sobremesa