Dicas

Como fazer a rabanada perfeita? Confira 5 dicas do chef Dalton Rangel

Saiba como deixar o doce natalino crocante e muito saboroso

Amanda Caroline 09/12/2021 • 12:27 - Atualizado em 09/12/2021 • 16:41
O doce é tradição da festa de fim de ano
O doce é tradição da festa de fim de ano
Envato Elements

A rabanada é uma tradição de Natal e não pode faltar na ceia dos brasileiros. Além de levar ingredientes simples, como pão, ovos e creme de leite, a receita é muito fácil de fazer – e pode ficar ainda melhor com as dicas do chef de cozinha Dalton Rangel, do Duelo de Mães

Assista:

Em clima de festa, o chef revela seus principais truques para deixar o doce bem crocante e saboroso. Confira:

1. Escolha o pão brioche

O pão brioche, um clássico da panificação francesa, é a opção favorita de Dalton para a receita. “É um pão bastante amanteigado. Um brioche fresquinho faz toda a diferença na rabanada”, garante o chef. Você também pode usar pão de forma para preparar o doce.

2.  Frite a rabanada em temperatura baixa

Esse é o segredo para deixar a sobremesa bem crocante. Siga o passo a passo do chef: “Frite a rabanada em temperatura baixa e bem devagar. Com isso, você seca esse pão, a parte mais interna dele, e ela fica bem crocante. Caramelize o pão e deixe-o dourado em todas as extremidades.”

A rabanada também pode ser feita assada, mas, segundo o chef, essa forma de preparo tende a ressecar e tirar o sabor do pão. “Por isso, a rabanada frita é a minha favorita, que absorve bastante manteiga ou a gordura que você usa na fritura. Ela fica crocante, viva, suculenta e macia”, explica.

3. Não seque a rabanada com papel toalha

O papel toalha é um aliado na cozinha, exceto na hora de secar a rabanada. Dalton Rangel diz qual é a melhor forma de secar o pão após a fritura. “Jamais coloque ela deitada em cima de um papel toalha. Se ela entrar em contato com uma superfície ainda quente, essa parte vai umedecer. Coloque-a sempre inclinada para que as laterais fiquem sequinhas”, indica.

4. Aposte em coberturas e acompanhamentos

A mistura de açúcar e canela não pode faltar na rabanada! O creme inglês, que é o creme de confeiteiro à base de baunilha, leite e gemas, é a sugestão do chef para turbinar a sobremesa. “Ele fica bastante espesso e geladinho. Fica muito bom com frutas vermelhas”, afirma. “Gosto da combinação de rabanada com frutas frescas, como morango, mirtilo, framboesa, romã, caqui, manga e até laranja”, completa.

Você também pode adicionar outras coberturas na sua rabanada. “Além da tradicional, você pode usar caramelo salgado, calda de chocolate, calda de morango… Deixe sua criatividade fluir”, sugere. Oba! Dica: sorvete é um acompanhamento delicioso para a sobremesa.

5. Experimente a rabanada no dia seguinte

Fez rabanada na véspera de Natal e quer comê-la no café da manhã do dia seguinte? Vá fundo! “A rabanada do dia seguinte é maravilhosa. Ela perde a crocância, mas absorve mais os sabores”, diz Dalton. Deu água na boca!

Olá! Sou a Carol. Em que posso ajudar?