Dicas

Do que é feito o rosbife? Entenda

Alimento frequentemente utilizado para fazer sanduíches pode ser encontrado em sua forma assada ou embutida

Bruna Berti 24/11/2021 • 10:13 - Atualizado em 24/11/2021 • 10:18
Rosbife surgiu na Inglaterra e é muito utilizado em recheios de sanduíches
Rosbife surgiu na Inglaterra e é muito utilizado em recheios de sanduíches
Envato Elements

Presente na alimentação do brasileiro, mesmo que de forma reduzida, principalmente em sanduíches, o rosbife surgiu na Inglaterra sendo uma carne assada com o centro mal passado, ou até cru, feita a partir do filé mignon. No Brasil, o corte mais utilizado é o lagarto e é, na maioria das vezes, degustado em forma de embutido, como o presunto. 

O rosbife pode ser consumido de duas formas: caseira, como uma carne assada, de onde se originou o nome em inglês roast beef, ou em forma de embutido, mais comum no Brasil e que é encontrado pronto em padarias e supermercados, para uso em lanches ou em tábuas de frios. 

Rosbife caseiro x embutido: qual é mais saudável?

Segundo a nutricionista Mariana Maciel, o rosbife é, na maioria das vezes, feito de carne magra assada, diminuindo os níveis de gordura no alimento. Entretanto, a especialista explica que é importante, em caso de preparação caseira, ficar atento à procedência da carne, por conta do ponto mal passado, para evitar risco de contaminação.

A opção assada e caseira é sempre mais leve que a embutida, já que não contém conservantes, há mais ciência do que está sendo acrescentado na receita, além de controle do preparo. Seu consumo pode ser feito no dia a dia como fonte de proteína e é possível transformá-lo em carne louca, por exemplo, caso não queira consumir de forma mal passada. 

Já no caso da versão industrializada, o recomendado é que seja evitada. Segundo Maiara Costa, também nutricionista, esta opção é envolta em pele, o que a torna mais gordurosa, além de conter glutamato monossódico - aditivo altamente cancerígeno -  e baixo teor proteico. “Seu consumo deve ser controlado, principalmente para quem tem problemas de colesterol e pressão alta”, explica. 

As especialistas recomendam a verificação da origem da carne no rótulo sempre que adquirir o embutido, tal como a utilização de aditivos químicos e conservantes prejudiciais para a saúde. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o recomendado é que o consumo deste tipo de embutido não ultrapasse uma porção por semana, desaconselhando a ingestão rotineira.

Para quem gosta de consumir a carne em sua forma embutida em lanches, a dica é utilizar o rosbife caseiro para o preparo de beirutes mais saudáveis. Quer fazer em casa? Anote a receita!

Rosbife caseiro

 

Ingredientes

Peça de lagarto (Aproximadamente 1,5kg)
Sal 
Pimenta do reino
8 dentes de alho
Azeite
1 colher de sopa de manteiga
Pão sírio
Rúcula
Tomate
Queijo prato

Preparo

Limpe a peça de carne retirando o excesso de gordura e pincele azeite por todo o pedaço. Tempere a carne com sal, pimenta e demais temperos de sua preferência. A dica é deixar a carne absorver o tempero por cerca de 30 minutos. Aqueça uma frigideira com manteiga e sele a carne de todos os lados. Passe a carne para uma assadeira e acrescente o alho triturado na peça. Se preferir, utilize molho de alho. Leve ao forno preaquecido em 180 graus até que a peça fique completamente dourada por fora. Retire do forno e fatie em pedaços finos. Sele a parte interna do pão sírio em uma frigideira com manteiga. Acrescente o queijo, o rosbife, a rúcula e as fatias de tomate e feche o sanduíche com outro pedaço de pão e sirva. 

Olá! Sou a Carol. Em que posso ajudar?