Dicas

Cumaru, pixuri e tacacá: Chef amazonense explica iguarias do Norte

Chef JB Ribeiro apresenta as joias da gastronomia brasileira e como elas são consumidas; confira

Da Redação

Conheça os tesouros gastronômicos do Norte do Brasil
Conheça os tesouros gastronômicos do Norte do Brasil
Envato Elements

Se você é um entusiasta da culinária autêntica, precisa conhecer as ricas iguarias do Norte do Brasil. Rica em diversidade cultural e ingredientes locais, essa região oferece uma experiência gastronômica única que combina tradição, história e sabores memoráveis.

Por isso, batemos um papo com o chef nortista JB Ribeiro, que explicou ao Band Receitas (de pertinho, com direito a degustação!) mais sobre os tesouros brasileiros: cumaru, pixuri, tacacá e mais. Confira!

Cumaru

O cumaru nada mais é do que uma semente amazônica. O nome "baunilha amazônica" se justifica pelo aroma e do sabor que a semente carrega, lembrando de forma surpreendente a baunilha comum, mas com um toque distintamente amazônico. 

Essa iguari possui características sensoriais únicas, como um intenso aroma, que chega a ser hipnotizante. Suas notas lembram a baunilha, o caramelo e até mesmo o tabaco, criando uma experiência olfativa super única.

"Pode ser utilizado para realçar tanto pratos doces quanto salgados". É o que afirma JB, que trabalha muito com a semente amazônica. “Diferentemente da baunilha comum, ele não rouba o sabor dos pratos, mas traz um equilíbrio aromático"

Tacacá

Seguimos nossa jornada gastronômica com o tacacá, uma sopa típica da região amazônica que combina goma de mandioca, tucupi (caldo extraído da raiz da mandioca brava), camarões secos e jambu, uma erva que confere um sabor e uma sensação de dormência única na boca.

Pixuri

A noz moscada brasileira. Estamos falando de uma semente oleaginosa com aroma e sabor únicos, com um cheiro que mistura cravo, anis estrelado e um fundinho de cardamomo.

Maniçoba

A maniçoba é um prato tradicional da culinária paraense que pode surpreender os paladares mais aventureiros. Feito com folhas de mandioca brava cozidas por vários dias e preparado com carne de porco, é uma iguaria que reflete a riqueza cultural e histórica da região.

Seu sabor único é resultado de um processo de cozimento longo e cuidadoso, que elimina a toxicidade da mandioca e realça os sabores dos ingredientes!

Pirarucu 

Quando se trata de peixes, o pirarucu é um verdadeiro gigante da culinária amazônica. Com sua carne branca e saborosa, esse peixe de água doce é utilizado em diversos pratos, como moquecas e assados.