Jacquin se surpreende com paella de Salvador e chef entrega o segredo da receita

De acordo com o chef José Morchon, a paella precisa ter o “socarrat”, queimadinho no fundo da panela que forma uma crosta e é tradição na Espanha

Da Redação, com Minha Receita 22/06/2021 • 23:41
Jacquin prova comida espanhola
Jacquin prova comida espanhola
Kelly Fuzaro

O penúltimo episódio da segunda temporada do Minha Receita, exibido nesta terça-feira, 22, foi especial sobre comida espanhola. Como de costume, Jacquin teve a missão de provar algumas iguarias típicas do país europeu durante e escolher a melhor. E, dessa vez, a preferida do francês foi a paella negra feita pelo chef José Morchon, dono da La Taperia, de Salvador.

O ingrediente protagonista do prato é o arroz branco, que ganha a cor escura ao ser misturado com tinta de lula. A receita leva ainda polvo, camarão e peixe, tudo pescado na hora. Além disso, tem um segredo, a crosta que é tradição no país. “A paella na Espanha tem que ter um queimadinho na parte de baixo, lá se chama de socarrat. Se não tiver essa parte, não está bom”, entrega Morchon, espanhol que se mudou para Salvador - terceira cidade nacional com maior imigração espanhola, perdendo apenas para Sorocaba e São Paulo - há 9 anos.

“Esse arroz negro é bem temperado, tem a mistura da Espanha com o tempero da Bahia, gostei muito”, avaliou Jacquin.

Durante o episódio, Jacquin provou ainda outras delícias típicas que fazem sucesso por aqui, como a tradicional paella do Paellas Pepe, feita pelo chef Fábio Benedetti, em São Paulo.  “É muito importante que a paella não seja muito seca e nem muito molhada. O ponto do arroz, tempero e qualidade do açafrão. Tudo muito bom”, avaliou o francês.

Teve também espaço para a croqueta e os churros do José López Domínguez, chef executivo do Arena Ipanema Hotel, no Rio de Janeiro, além das deliciosas tapas do restaurante paulistano Huevos de Oro, comandado pelas sócias Daniela Bravin, Cassia Campos e Ligia Karazawa.