Dicas

Qual é a carne mais consumida do mundo? Descubra

Da redação 29/11/2020 • 14:52
Carne de porco corresponde a mais de 40% do consumo total de proteína animal no mundo
Carne de porco corresponde a mais de 40% do consumo total de proteína animal no mundo
Unsplash/Reprodução

É de se imaginar que o frango é a carne mais popular no Brasil, mas isso não se repete em outros países. No mundo, a carne suína é a mais consumida e corresponde a 40,1% do total de proteína animal na alimentação das pessoas, de acordo com informações do Minha Receita. O Brasil é o quarto maior produtor e exportador. Por aqui, consumimos em média de 15 kg de porco por pessoa anualmente, comparado a 42 kg de frango e 39 kg de carne bovina, de acordo com a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). Na China, que está no topo do ranking do consumo de carne suína, esse número sobe para 40 kg.

Mas, por que a carne suína tem tanta popularidade? De acordo com a pesquisadora Katherine Cordás, a resposta está na versatilidade na gastronomia e praticidade para criação do animal. “É fácil criar o porco em pequenos espaços de terra, você não precisa de um espaço grande como para criar a vaca. É uma carne barata e versátil, dá pra consumir no café da manhã, na padaria, no misto quente, no almoço, como acompanhamento do feijão e couve, no bar, petiscos. Inclusive, a banha de porco entra também na confeitaria.”
 

Essa facilidade fez com que o alimento se popularizasse ao longo dos anos, mas foi um longo processo até aqui. Tudo começou com o antepassado do porco, o Sus scrofa, também conhecido como javali selvagem, que tem origem euroasiática. Ele foi domesticado há 10 mil anos até virar o porco que conhecemos. 


Em 1.532, o porco foi trazido ao Brasil pelos portugueses e conquistou a população porque era fácil de criar e comia de tudo. E o melhor: tudo o que vinha dele também se comia, do focinho ao rabo. Diferentes maneiras de consumo foram inventadas desde então, como toucinho, costela, bisteca, bacon, presunto, pernil, gordura para cozinhar e conservar, linguiça, salame, salsicha e tantas obras da charcutaria. 

Junto com o feijão, o porco fez uma parceira unânime na feijoada. E também no prato que hoje é patrimônio cultural: o virado à paulista.

Olá! Sou a Carol. Em que posso ajudar?