Dicas

Qual a diferença entre as cervejas Pilsen e Lager? Especialista explica

A Pilsen também é diferente da “tipo Pilsen”, que atualmente é a cerveja mais consumida no mundo

Larissa Santos Casado 22/05/2021 • 19:00 - Atualizado em 26/05/2021 • 20:31
Qual a diferença entre as cervejas Pilsen e Larger? Especialista explica
Qual a diferença entre as cervejas Pilsen e Larger? Especialista explica
Envato Elements

É imensa a cartela de cervejas disponível nas prateleiras do mercado. Tem a Pilsen, a Lager, a American… e quem é fã da bebida, provavelmente tem um tipo preferido. Mas, você sabe quais são as características de cada uma? É capaz de pontuar as diferenças? O Band Receitas investigou e conta tudo a seguir: 

Antes de começar, é preciso entender que existem duas categorizações de cervejas: 1) pelo tipo de fermentação e 2) pelo estilo. O primeiro (da fermentação) contempla três famílias: a Lager (levedura de baixa fermentação), Ale (levedura de alta fermentação) e a fermentação mista (que envolve a fermentação espontânea). Já a categorização pelo estilo contempla mais de 100 tipos diferentes, os quais estão presentes nos guias de estilo usados por experts mundo afora.  

Desta forma, a Pilsen é um estilo de cerveja presente dentro do grande grupo de fermentação Lagers. Ou seja: toda Pilsen é uma Lager. 

“Lager é um tipo de fermentação que tem determinadas espécies de leveduras, as quais trabalham em baixas temperaturas”, explica a gastrônoma e especialista em cerveja, Carolina Oda. “Já a Ale foi criada antes da Pilsen. Em certo momento, as cervejas ficaram guardadas nas caves geladas e com o frio, sofreram mutação genética, criando a levedura da Lager”, conta a especialista. 

Lager significa “armazenar”, “armazenamento” em alemão


A Pilsen original x a “tipo Pilsen”

Outra dúvida recorrente aqui no Brasil é que as cervejas mais populares são as “tipo Pilsen”. “Quando se descreve como ‘tipo Pilsen’ é porque não é a Pilsen original, mas uma American Light Lager. É como o espumante e a champanhe”, exemplifica Carolina. “Aqui, no Brasil, quando falamos da Pilsen do dia a dia, ela é, na verdade, uma American Light Lager.”

As diferenças entre uma American Light Lager e uma Pilsen real-oficial, porém, são grandes. A Pilsen original leva o nome da cidade onde nasceu (Pilsen, que fica na República Tcheca, próxima da fronteira com a Alemanha), tem amargor mais acentuado, é feita só com o malte da cevada e tem, como característica, a cor dourada e brilhante.

Já as American Light Lager nasceram nos Estados Unidos e têm a adição de outros cereais, como milho e arroz. Ela é bem menos amarga, muito mais leve, possui menos teor alcoólico e é mais fácil de beber que uma Pilsen original.

Isso fez da American Light Lager, ou “tipo Pilsen”, ser a cerveja mais consumida no mundo, impulsionada pela indústria e por ser mais acessível, devido ao uso de diferentes cereais na sua produção.

Diversos estilos de cerveja carregam o tipo de fermentação no rótulo, como a India Ale ou a American Lager. Já a Pilsen não discrimina sua fermentação


Qual o jeito certo de consumir?

Tanto as Pilsens originais, quanto as American Light Lager devem ser consumidas bem geladas. Por isso, o melhor é que sejam bebidas em copos pequenos, diferente dos clássicos “canecões” de cerveja. Dica: quanto menor o copo, melhor o controle da temperatura. 

E o que elas têm em comum?

Toda cerveja tem quatro ingredientes básicos principais: água, fermento, lúpulo e malte de cevada - principalmente, mas pode variar pelo de trigo, por exemplo. 

Já o que determina o teor alcoólico de uma cerveja é a combinação entre a quantidade de açúcar disponível e a levedura usada. “Quanto mais malte ou açúcar - seja ele em forma de milho, xarope, ou rapadura -, mais “alimentos” para as leveduras produzirem álcool e deixarem, consequentemente, a bebida mais alcoólica."

Olá! Sou a Carol. Em que posso ajudar?