Dicas

Família de Agnaldo Timóteo contesta testamento do cantor na Justiça

Artista deixou 50% da sua herança para Keyty Evelyn, sua filha adotiva

Da Redação, com Melhor da Tarde 14/05/2021 • 16:16 - Atualizado em 14/05/2021 • 19:35

 

A família de Agnaldo Timóteo está brigando na Justiça porque o cantor resolveu deixar 50% da herança para a filha adotiva, em testamento, já que o processo de adoção não havia sido concluído. O repórter Rafael Pessina trouxe as últimas informações no Melhor da Tarde desta sexta-feira, 14.

“Essa é uma briga que vai arrastar mais um tempo na Justiça, a final de contas a gente  está falando de uma herança de R$ 16 milhões. No testamento, ele deixou metade desse valor para sua filha adotiva Keyty Evelyn. O que a família do Agnaldo está tentando é quebrar este testamento”, contou Pessina.

 “Se for concretizada oficialmente a adoção, a menina passa a ter direito a 100% da herança, porque ela é a herdeira direta”, completou o colunista. “Boa parte desse valor, 16 milhões é de um terreno muito valioso que ele ainda tinha na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A Keyty foi criada pelo Agnaldo desde o 1 ano e meio de idade. É uma situação de amor”, disse Cíntia Lima.

“O próprio Agnaldo em 2019, quando teve AVC e ficou internado no Hospital das Clínicas em São Paulo, assim que ele saiu do hospital, a primeira coisa que ele fez foi manifestar o desejo de tê-la como filha. E olha, legalmente, a Keyty é filha do Agnaldo reconhecida em primeira instância”, continuou.

  • melhor da tarde
  • agnaldo timóteo
  • testamento
  • família
  • herança